Layout by VICKYS.com.br

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Nosso Vídeo

Vídeo com um resumo do que se tratou o nosso blog que tem como tema as Crianças Superdotadas.

Posted by Cris e Kelen @ 19:03
9 Comments
Links to this post

Sem Traumas



Marla Olmstead é tida como prodígio da pintura

Um medo compartilhado por muitos pais de crianças com altas habilidades é o de não sobrecarregá-las, já que, quando a cobrança é muito grande, o talento pode se revelar um peso para elas. "Muitos pais buscam se realizar por meio dos filhos e podem acabam pressionando as crianças. É preciso promover condições adequadas ao desenvolvimento do potencial humano, mas sem deixar de lado a dimensão afetiva e emocional. O importante é a felicidade da criança", diz Eunice de Alencar.

Segundo Jane Chagas, o segredo é ficar atento às demandas dos filhos, e não criar demandas para eles. "São eles que dirão do que precisam e o quanto precisam. Temos que ter altas expectativas, mas não podemos cobrar demais nem forçar muito a barra", recomenda.

Um conselho dado por Zenita Guenther é o de não ficar mostrando muito as habilidades da criança para as outras pessoas. "Isso pode fazer com que ela perca o foco e passe a fazer aquela tarefa só para mostrar às pessoas. Os pais devem ficar com a boca mais fechada e os olhos e ouvidos bem abertos."

A empresária Janine Saponara, 37, faz de tudo para que seu filho, André Saponara Kfouri, 8, QI 100% acima da média, cresça de forma saudável e sem cobranças em excesso. "Ele é tratado como uma pessoa diferente, e não como alguém 'super'. Se por um lado ele é melhor nos estudos do que os colegas, por outro ele tem uma certa defasagem motora e é pior no futebol", compara.

Além de só tirar nota máxima na escola, André é campeão de xadrez, lê muito, adora música clássica, faz aula de robótica e se interessa em profundidade pelos temas que lhe agradam, do PH de Saturno a detalhes sobre o Egito antigo. Numa viagem a Nova York, serviu de guia para os pais, pois havia pesquisado tudo sobre a cidade.

"Ele sabe que tem limites e obrigações. Faz as tarefas da escola comum, mesmo que tenha interesses por coisas mais avançadas. O importante é que ele tenha supridas suas necessidades de mais informação", diz a mãe.
Fonte: Folha OnLine

Posted by Cris e Kelen @ 14:25
5 Comments
Links to this post

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Avaliação


Para identificar os superdotados dentro das várias categorias da definição oficial de superdotação, o teste de QI não é suficiente. Além dos testes psicológicos --como os de criatividade--, os especialistas dizem que existem sinais que possibilitam a identificação dessas crianças. "São traços que os talentosos apresentam acima da média em relação àqueles da mesma faixa etária. Observar uma criança nas suas ações e reações cotidianas é a maneira mais natural de conhecê-la e compreendê-la", diz Simonetti. Entre essas características, ela cita: curiosidade com qualidade e inesgotável (diferente da curiosidade natural das crianças), memória acentuada natural (não é fruto de treinamento), imaginação fértil com originalidade e flexibilidade de idéias.

Uma vez identificado o talento acima da média, recomenda-se que sejam criadas condições para que ele se desenvolva. Para isso, pode-se recorrer a atividades extraclasse ou a um programa especializado, como as salas de recurso, onde a criança pode desenvolver projetos relacionados a suas potencialidades e conviver com outras crianças de características parecidas. Quem mora em cidades que não tenham centros especializados como esses pode recorrer a mentores --especialistas que aceitem acompanhar crianças que tenham talento para sua área de atuação.

Segundo Virgolim, o ideal é que isso seja feito em horários fora do turno escolar. "Segregar o aluno em escolas especiais, como se vê nos Estados Unidos, está em desuso. As que existem são dedicadas a alguns alunos que se destacam em um nível extremamente superior aos outros", diz.
Há 13 anos, funciona na cidade de Lavras, no interior de Minas Gerais, uma iniciativa que é considerada uma referência na área. O Cedet (Centro de Desenvolvimento do Potencial e Talento, (www.aspat.ufla.br) atende, atualmente, 700 crianças. Professores treinados vão semanalmente às escolas fazer a identificação dos alunos com altas habilidades. Os selecionados passam cerca de dez horas por semana fazendo atividades individuais ou em grupo voltadas para o talento que elas demonstram.

"Procuramos voluntários que ensinam o conteúdo. Neste semestre, temos mais de 70. São professores de botânica, lingüística, nutrição, teatro, música, dança e xadrez, entre muitas outras áreas", diz Zenita Guenther, diretora técnica da Aspat (Associação de Pais e Amigos para Apoio ao Talento, que cuida do projeto).
Fonte: Folha On Line

E você...
Acha que os professores sabem identificar uma criança superdotada em sua sala de aula?

Posted by Cris e Kelen @ 13:24
0 Comments
Links to this post

NÓS


Nome: Cristiane
Curso: Pedagogia
Univers: Unilasalle
Niver: 30/10

Nome: Kelen
Curso: Pedagogia
Univers: Unilasalle
Niver: 01/10

NOSSO BLOG

Neste blog falaremos tudo sobre o mundo das Crianças Superdotadas, que no seu conceito principal são os indivíduos que intelectualmente são pensadores lógicos, capazes de muita concentração interior e têm QI de 130 ou mais.
Postaremos conceitos, notícias, fotos, vídeos, etc. Esperamos que gostem e deixem coments!!!

Links

Blog Prof Margô
Mensa (Sociedade de pessoas com alto QI)
Cedet (Centro do Desenvolvimento do Potencial e do Talento)
Associação Brasileira para Altas Habilidades
Conbrasd (Confederação Brasileira para Superdotação)

Acessórios





Deixe seu Recado

Coisinhas Fofas



VICKYS.com.br



Last Posts

. Nosso Vídeo
. Sem Traumas
. Avaliação
. Ampliando Conceitos
. Governo federal implanta centros para superdotados...
. Garoto de 2 anos tem QI igual ao de Albert Einstei...
. Vídeo
. Características das crianças superdotadas
. Sejam Bem-Vindos

Archive

Outubro 2009
Novembro 2009

Credits

[ Layout ]
VICKYS.com.br
VICKYS.com.br

[ Powered by ]